Endereço e Contato

ENDEREÇO: Rua João Paz de Lima, 277, Centro
CEP: 58887-000
CIDADE: BOM SUCESSO - PB.
FONE: (83) 3448-1129

31 julho 2013

Fetasp/PB vai ao sertão paraibano discutir a organização sindical no Estado

0 comentários


caj
A Federação dos Trabalhadores em Serviços Públicos do Estado da Paraíba (Fetasp-PB), representada pelo presidente Fernando Borges e por seu diretor financeiro Uyramir Veloso, se fez presente durante três dias em vários municípios do sertão paraibano, conversando com prefeitos, secretários e dirigentes sindicais, objetivando estreitar laços de amizades, visando a política de organização sindical no estado da Paraíba

Em Cajazeiras, os representantes da entidade, acompanhados de presidentes dos sindicatos das cidades de Brejo do Cruz, Brejo dos Santos, Bonsucesso e Riacho dos Cavalos, reuniram-se em audiência com o vice-prefeito Francisco Gomes de Araújo Júnior e os secretários municipais de Administração e Articulação Política, respectivamente, Rogério Silva de Oliveira e Antônio Moacir Leite de Menezes Filho, além do representante regional da Fundação de Ação Comunitária (FAC), Francisco Sávio Gomes.
Na ocasião, o presidente da Fetasp-PB, Fernando Borges discutiu diversos assuntos que dizem respeito ao trabalhador municipal, com destaques para negociações coletivas entre servidores púbicos e governantes, bem como fez ver que a entidade, a partir de agora, estará mais próximo dos representantes municipais discutindo direitos e deveres dos trabalhadores em serviços públicos. “Certamente uma das diferenças marcantes da nossa gestão é que à Federação se incorpora às reivindicações específicas de todos os servidores das prefeituras do estado, através de uma ação mais globalizada com os servidores municipais”, finalizou.
111 



















Com o mesmo objetivo, à FETASP foi recebida pela secretária da Associação dos Municípios do Alto Sertão Paraibano - AMASP,  que  colocou-se à disposição para encaminhar o pleito da entidade junto aos prefeitos, através da sua presidente e prefeita de Cajazeiras, Francisca Denise Albuquerque, que se encontrava em atividade política no município de Boqueirão. Na reunião, Fernando Borges, manifestou o interesse em  uma conversa pessoal com o comando regional da representação da  Associação para discutir com os prefeitos ações que pudessem agregar uma política de negociação junto aos sindicatos e esses agentes políticos, mas, lembrou que no município onde não existir o sindicato, a lei determina que a federação estadual da categoria profissional ou econômica, possa representar os interesses individuais ou coletivos, administrativa e judicialmente, por isso, a sua visita na busca de conciliar interesses que beneficiem as partes, ressaltou.
ENTREVISTA
cajazO presidente da Fetasp-PB, em sua visita na região do alto sertão da Paraíba, concedeu entrevistas na Nova Rádio Centro, em Cajazeiras, onde foi entrevistado pelo radialista Everton Pereira. Fernando Borges falou do passe livre e das manifestações que esse segmento estudantil iniciou pelo Brasil, despertando, mais uma vez, o espírito do exercício da cidadania nos brasileiros e permitindo aos políticos reflexão sobre os mandatos que exercem e suas eficiências no trato da ação política em favor das demandas da sociedade, “Nós já conhecíamos algumas das reivindicações do Passe Livre, e concordamos com a maioria delas, por isso a Fetasp-PB vai procurar estar sempre dialogando também com esses levantes”, explicou. 
Abordado sobre os pleitos dos servidores públicos estaduais, o presidente falou que a entidade está preparando uma proposta para audiência com o governador Ricardo Coutinho, onde apresentará um estudo contendo correção de questões específicas dos planos de cargos ligados a polícia civil, agentes penitenciários, Instituto de Metrologia, Suplan, Der, Detran, Ipep e Saúde, além dos demais servidores que compõem os cargos administrativos e técnicos da administração centralizada, onde não haja achatamento dos mesmos  vinculados a estrutura do piso do salário mínimo, o qual servirá de base para definir a relação salarial dos demais cargos da estrutura do estado,  disse.
cajaz5Demonstrando cautela ao tratar do programa “Mais Médicos” do Governo Federal, o qual propõe a importação de médicos estrangeiros para atuar nas áreas mais carentes do país, Fernando falou que o ideal seria garantir melhores condições de  trabalho para os médicos brasileiros, mas não era contrário ao REVALIDA, que representa a revalidação de diplomas médicos, obrigatório para os estrangeiros. Todos sabem que é preciso corrigir questões ligadas a estrutura na qualidade de saúde e condições dignas do trabalho médico e isso não é feito, muito pelo contrário, cada dia vê-se um serviço precário tornar-se ineficiente pela falta de gerenciamento e responsabilidade da maioria dos governos, como o caso do SUS - sistema Único de Saúde, afirmou.
Fernando  adiantou que a organização sindical em todos ao níveis estarão amparados pela FETASP, para fazer a defesa  individual ou coletiva dos servidores públicos e traçou um perfil de sua gestão à frente da federação.
Fotos J. Valdevino
Assessoria de Comunicação
Marcos Lima

0 comentários:

Postar um comentário