Endereço e Contato

ENDEREÇO: Rua João Paz de Lima, 277, Centro
CEP: 58887-000
CIDADE: BOM SUCESSO - PB.
FONE: (83) 3448-1129

28 agosto 2014

Reunião da Diretoria Executiva e Conselho de Representantes da CSPB

0 comentários
Reunião da Diretoria Executiva e Conselho de Representantes da CSPB
Ontem, 20:01:48




por Valmir Ribeiro
edição de Grace Maciel
 

Coordenado pelo presidente da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB), João Domingos Gomes dos Santos, a reunião da Diretoria Executiva e do Conselho de Representantes iniciou as discussões sobre as conquistas e desafios da entidade. Domingos discorreu, também, sobre o calendário de eventos simultâneos que a confederação está promovendo. Ambos, com iniciativa inédita dentro da entidade.
“O Primeiro Encontro Nacional de Mulheres da CSPB, por ser um evento pioneiro, têm uma grande responsabilidade para elaborar propostas próprias da CSPB para esse segmento. Se não exploramos esse tema em outras ocasiões, fiquem certos, não foi por negligenciar o tema, mas por não termos tido, em outras ocasiões, as ferramentas e corpo de colaboradoras e colaboradores necessários para viabilizar a apresentação de um tema tão relevante”, disse o presidente da CSPB.
Domingos ressaltou, também, a emergência da participação da confederação nas discussões sobre segurança pública. “Percebemos a urgência de realizar nosso primeiro seminário sobre segurança pública. Devemos ter a ousadia de apresentar propostas próprias da CSPB para a elaboração de políticas públicas para o setor.”
Antes da apresentação e depoimentos dos diretores da entidade, um momento de grande emoção tomou conta do auditório do Centro de Treinamento Educacional da CNTI . Por sugestão do diretor de Assuntos Intersindical, Rudney Vera de Carvalho, o presidente João Domingos acatou o pedido de se fazer um minuto de silêncio em homenagem ao ex-governador de Pernambuco,  Eduardo Campos. Na oportunidade, o presidente da CSPB sugeriu que a homenagem fosse estendida ao diretor e fundador da confederação, Hélio de Mello, que morreu em novembro do ano passado.





Encerrada a homenagem, João Domingos relembrou a estreita relação com Eduardo Campos, sobretudo, durante o período de definição das candidaturas do Partido Socialista Brasileiro (PSB). Domingos declarou: “A CSPB perde uma estreita relação com um dos quadros políticos mais promissores do país, que é Eduardo Campos. Lamentamos profundamente a trágica morte desse grande líder”, disse.

Ao explorar temas de interesse da entidade, Domingos informou que desde o governo Lula há intenção clara de uma profunda mudança no nosso sistema de diálogo social. O sindicalista lembrou que, nos dias atuais, tudo passa necessariamente pela legitimidade do Congresso Nacional que é responsável por elaborar as normas. No entanto, argumentou: “A presidente Dilma, sancionou, por meio de decreto presidencial, a Política Nacional de Participação Social (PNPS). Nós, da CSPB, somos defensores da democracia participativa. Porém, essa iniciativa do poder executivo central nos surpreendeu, sobretudo,  por não ter consultado representantes da sociedade cível e os movimentos sindical e social.  Precisamos estar atentos a esse movimento para não sermos surpreendidos com qualquer situação que contrarie os interesses dos trabalhadores e servidores públicos de nosso país. Devemos buscar essa participação para resguardar nossos interesses. Precisamos estudar, individualmente, cada uma dessas propostas. Essa nova relação do governo com a sociedade está em marcha e o movimento sindical precisa se posicionar”, defendeu.






O presidente denunciou que a CSPB está sofrendo ataques constantes, principalmente, quanto à forma de financiamento.  “Somente 2012, nós conseguimos matar um nascedouro de duas tentativas secretas de acabar com o a contribuição sindical dos servidores públicos. Em 2013 houve um decreto do então ministro do Trabalho, Brizola Neto, tentando derrubar a contribuição sindical. Enfim, essas tentativas são constantes e seguem pressionando esta importante fonte de financiamento. Assumimos a defesa da contribuição sindical e conseguimos, até o momento, segurar a retirada do imposto sindical. No mesmo ano, duas portarias ministeriais alteravam as regras de tal forma, que houve uma queda de 62% dos recursos da CSPB. Essa preocupação tem que estar presente na mente de vocês.”

Seguindo o roteiro da programação do evento, João Domingos passou a palavra para os diretores da entidade. Sugestões e diversos depoimentos foram apresentados ao conjunto de convidados, sempre, no sentido de aprimorar as iniciativas e as relações da confederação para com as entidades filiadas.

 Veja as fotos do encontro na Galeria e no Facebook




size

Secom/CSPB

0 comentários:

Postar um comentário