Endereço e Contato

ENDEREÇO: Rua João Paz de Lima, 277, Centro
CEP: 58887-000
CIDADE: BOM SUCESSO - PB.
FONE: (83) 3448-1129

09 agosto 2014

GREVE DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO NO SERTÃO DA PARAÍBA

0 comentários



size
Nesta quarta-feira (06), os sindicatos (de Servidores Municipais), dos professores da rede municipal de ensino, polarizada por Catolé do Rocha, iniciaram uma paralização de três dias em protesto pelo descaso com a educação. Os profissionais que compõem a região do Médio Piranhas na Paraíba, buscam direitos já assegurados na lei e violados pelos gestores públicos (prefeitos), como se a lei não se aplicasse para todos.

A decisão foi tomada pelos profissionais de educação na manhã do sábado, com a participação dos sindicatos das cidades de Catolé do Rocha, Brejo do Cruz, Brejo dos Santos, Bom Sucesso, Coremas, Cajazeirinhas, Riacho dos Cavalos, São Bento, São José de Brejo do Cruz e São Bentinho, nesses municípios as entidades sindicais buscam resgatar, entre os dias 06,07 e 08 de agosto, ainda, em plena mobilização, a recomposição das perdas salariais em relação ao exercício de 2013 e 1014.
A Fetasp/Pb, por seu presidente Sizenando Ventura, acompanha a luta de seus filiados e vem preparando ações que possam resgatar a educação, privilegiando seus pontos fundamentais e de equilíbrio entre uma educação de qualidade e o aprimoramento dessa educação, onde as consequência dos resultados na elevação desse aprendizado sejam cada vem mais eficientes. Para isso a estrutura de apoio que estão sob os cuidados dos profissionais do ensino, sem sobra de dúvida, necessita ser contemplada pela contrapartida de sua participação. Não há uma maneira de se fazer isso sem a melhoria dos salários e esses profissionais, compensando-os através dos planos de cargos, carreira e remuneração, que hoje, é lei, mas muitos gestores insistem em desrespeitar.
O Magistério Público Municipal, representado pelos seus sindicatos, além de estarem sujeitos a demora de respostas de suas reivindicações, são vitimas da falta de diálogo, credores de 20% de diferença entre as tabelas que separam os professores de nível médio e graduados, credores de 13° salário em atraso, credores de licença prémio, credores de melhorias nas condições de trabalho, além de muitos outro desejos de conquistas, que possam ajudar a Paraíba e ao Brasil no desenvolvimento e crescimento de sua educação.
Os sindicatos buscam, também, a revogação do Decreto que praticamente impossibilita a apresentação de atestados médicos, no âmbito desses abnegados profissionais.

ASCOM FETASP/PB



0 comentários:

Postar um comentário